Pearl S. Buck

Pearl S. Buck
Pearl S. Buck nasceu a 26 de Junho de 1892 em Hillsboro, na Virgínia Ocidental. Filha de missionários presbiterianos, residiu durante grandes períodos na China, dominando assim a língua inglesa e chinesa. Regressou à China em 1914, pouco depois de se ter licenciado, e, no ano seguinte, conheceu um jovem agrónomo, John Lossing Buck, com o qual viria a casar em 1917. Após o casamento, mudaram-se para Nanhsuchou, na província rural de Anhwei. Foi nesta comunidade empobrecida que Pearl Buck reuniu o material que mais tarde viria a usar para escrever Terra Abençoada.

Pearl Buck começou a escrever histórias e ensaios nos anos 20. Muitos foram publicados em revistas como The Nation, The Chinese Recorder, Asia e The Atlantic Monthly. O seu primeiro romance, East Wind, West Wind, foi publicado em 1930. O editor, Richard Walsh, viria mais tarde a ser o segundo marido de Buck.

Em 1931, é lançado o segundo livro da autora, Terra Abençoada, que viria a transformar-se no romance mais vendido desse ano e do seguinte, ganhando o Prémio Pulitzer e a Howells Medal. O popular romance vendeu mais de dez milhões de exemplares e marcou gerações de leitores sendo mais tarde, em 1937, adaptado ao cinema.

Menos de uma década depois da edição do primeiro romance, em 1938, Pearl Buck é galardoada com o Prémio Nobel da Literatura, sendo a primeira mulher norte-americana a ganhar tal galardão. Por altura da sua morte, a 6 de Março de 1973, Pearl Buck tinha já editado mais de setenta livros entre romances, contos, biografias e autobiografias, poesia, teatro e até histórias infantis.